Ministro Fux faz audiência de conciliação para propor fim da greve de professores do Rio de Janeiro

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, representante da bancada fluminense nesta Casa do Povo, estou torcendo, e muito, para que os profissionais da Educação do Estado do Rio de Janeiro, em greve desde o dia 8 de agosto, portanto há cerca de 11 semanas, cheguem, finalmente a um consenso, ainda hoje à noite, durante a audiência de conciliação, com o Ministro Luiz Fux, no Supremo Tribunal Federal.

A gente entende os motivos da paralisação dos professores, mas preocupa muito o longo tempo do movimento grevista, porque estádeixando dezenas de milhares de alunos das redes municipal e estadual fora da sala de aula, o que pode redundar em consequências ruins para parte da uma das etapas de formação intelectual desses jovens.

As cenas de violência, no confronto entre professores e Policiais Militares despreparados para a função, e que já viraram rotina durante as manifestações públicas, no Centro do Rio de Janeiro, também nos deixa apreensivos e sobressaltados.

O objetivo da audiência do dia de hoje, com o Ministro Fux, prevista para começar às 18h, é ouvir as partes – Magistério e Governos Municipal e Estadual -, envolvidas no processo que tramita no Supremo Federal, por conta do corte de pontos dos servidores grevistas.

Sua Excelência o Ministro Fux, como bom carioca que é, certamente conseguirá levar a bom termo este impasse que vem atormentando a vida de pais de alunos, da sociedade e, por que não dizer, também da própria categoria. E se assim o fizer, certamente a ação não precisará de julgamento no plenário da Corte Federal.

Isto posto, Senhor Presidente, só me resta a esperança do bom senso entre as partes, de forma a restabelecer a normalidade no ano letivo para cariocas e fluminenses.

Era o que eu tinha a dizer no momento, Senhor Presidente.

Muito obrigado!

Pronunciamento do deputado Simão Sessim na tribuna (23/10/2013)

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: