Aumento de violência na Baixada Fluminense preocupa Simão Sessim

A situação está deprimente e insustentável.” Assim o deputado federal Simão Sessim (PP-RJ), segundo-secretário da Câmara, avaliou o crescimento dos índices de violência na Baixada Fluminense.

O deputado usou a tribuna da Câmara para registrar um levantamento sobre o crescimento da violência publicado pelo jornal Extra, e se mostrou muito preocupado.

O número de roubos cresceu 66% e o de assaltos 38%, no mês de janeiro. O parlamentar vem denunciando no plenário da câmara a explosão da violência na Baixada Fluminense, nos últimos três anos.

Mostrei com dados estatísticos que a população da região já não aguenta mais conviver com tamanha sensação de insegurança, a exemplo do que vem ocorrendo na minha querida cidade de Nilópolis. Infelizmente, nada aconteceu até agora para reverter esta situação deprimente e insustentável”.

Sessim também fez um alerta:

Na Baixada Fluminense, região que tenho a honra de representar nesta Casa do Povo, uma pessoa é assassinada a cada quatro horas. Isto é desesperador!

O deputado disse que de acordo com a reportagem do jornal Extra, a liderança nos índices de criminalidade fica por conta de Nova Iguaçu, seguida de perto por Duque de Caxias, Nilópolis, Magé, Seropédica, Queimados e Itaguaí.

Simão Sessim disse também que o prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier já cobrou da secretaria de Segurança Pública e do Chefe da Polícia Civil uma ação para enfrentar o problema. “Fico na torcida, para que o nosso secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, e o Chefe de Polícia Civil, Fernando Veloso, consigam emplacar medidas eficazes de segurança, de forma a devolver a paz e a tranquilidade à população da Baixada Fluminense”, finalizou o deputado.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: