Simão Sessim quer mudar regras para renovação da Carteira de Habilitação para Idosos

As exigências para renovação da Carteira de Habilitação são mais rigorosas para os idosos. O exame médico para a renovação da CNH para os condutores com mais de 65 anos, tem validade 3 anos, sendo que para os demais motoristas o exame vale por um período de 5 anos. O deputado Simão Sessim do (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara dos Deputados para propor mudanças nessas regras. O parlamentar quer que a validade do exame médico seja de 5 anos para os motoristas até 70 anos de idade.

Acredito que a idade pode ser estendida para 70 anos sem prejuízos à segurança do trânsito, pois julgamos que essa alteração estará mais condizente com a realidade atual de inúmeros idosos que, cada vez mais, ultrapassam os 65 anos esbanjando saúde. E não há dúvidas de que exames tão frequentes oneram desnecessariamente o condutor”, ressaltou Simão Sessim.

O deputado usou o exemplo do estado da Flórida, nos Estados Unidos, onde a licença para dirigir vale por 8 anos, sendo que os condutores com mais de 80 anos de idade devem renová-la a cada 6 anos. Em Illinois, também nos Estados Unidos, o motorista dos 21 aos 80 anos de idade recebe o mesmo tratamento, qual seja, renova a carteira a cada 4 anos. Dos 81 aos 86 anos de idade, a renovação se dá a cada 2 anos e, somente após 87 anos, é que se torna anual. O que se percebe é que, em outros países, a legislação já está adaptada à realidade atual da população idosa.

Nesse sentido, e acreditando estar contribuindo para evitar transtornos a essas pessoas, consideramos salutar a alteração pretendida, estabelecendo que, somente a partir dos 70 anos de idade, o condutor seja submetido, a cada 3 anos, aos exames de aptidão física e mental necessários à habilitação”, falou o parlamentar.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: