Simão Sessim cobra construção de corredores exclusivos para ônibus da Baixada Fluminense

O deputado federal Simão Sessim (PP-RJ), novamente usou a tribuna da Câmara dos Deputados para denunciar o péssimo serviço público de transporte, que é oferecido aos cerca de 4 milhões de habitantes da Baixada Fluminense.

O deputado destacou a iniciativa da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que já avalia a possibilidade de exigir que a CCR se responsabilize pela construção de um corredor de ônibus para conectar os passageiros da Baixada Fluminense com o BRT Transbrasil, que vai ligar a região de Deodoro ao Centro do Rio de Janeiro a partir de 2017.

A CCR é uma das maiores empresas de concessão de infraestrutura do mundo, com atuação nos segmentos de rodovias, mobilidade urbana e serviços.

A medida seria uma contrapartida para a prorrogação da concessão da Via Dutra, que liga o Rio de Janeiro ao Estado de São Paulo, além de uma alternativa para expandir a rede de transporte, levando em consideração o contexto de crise financeira que abala o Estado e os municípios fluminenses”, ressaltou o parlamentar.

O projeto sugerido do BRT da Dutra foi orçado em R$ 180 milhões, teria uma demanda de 100 mil passageiros/dia e potencial para reduzir em 30% o tempo de viagem até o Centro do Rio de Janeiro, destino final dos trabalhadores que moram na Baixada Fluminense.

O deputado ainda destacou que outro BRT importante para a Baixada Fluminense seria o da Via Light, criando mais uma ligação com a Transbrasil, desde que essa nova Via Expressa chegasse à Avenida Brasil, através do bairro de Guadalupe.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: