Jornal Correio da Lavoura é homenageado na Câmara dos Deputados

O deputado Simão Sessim (PP-RJ) usou a tribuna da Câmara dos Deputados, esta semana, para homenagear com uma Moção de Congratulações e Aplausos o jornal Correio da Lavoura pela passagem dos 100 anos de fundação de um dos mais respeitados e conceituados semanários da Baixada Fluminense, sediado na cidade de Nova Iguaçu.

O faço, Senhor Presidente, com muita alegria e satisfação, por se tratar de um jornal, que, mesmo premido por dificuldades financeiras e materiais, ao longo de tantas décadas, consegue chegar ao seu primeiro século de existência, mais sólido e mais forte do que nunca, numa trajetória corajosa de lutas, tropeços e vitórias”, disse Simão Sessim.

O deputado lembrou que o Correio da Lavoura é um jornal que faz história, a partir dos registros da abertura da Via Dutra, do ciclo dos laranjais e sua decadência; da explosão demográfica da região, das emancipações, dos avanços e do desenvolvimento do Estado e do País, além das grandes transformações sociais, políticas, econômicas e morais da região da Baixada Fluminense.

O jornal Correio da Lavoura também fez parte da minha vida, principalmente, desde a época em que tive a honra de servir, como homem público, a Nova Iguaçu, na condição de diretor do Instituto de Educação Rangel Pestana e também como Secretário de Educação daquele município”, afirmou o parlamentar.

Fundado no dia 22 de março de 1917, pelo jornalista Silvino Hypólito de Azeredo Coutinho, o Correio da Lavoura é até os dias de hoje respeitado e admirado como um bastião inabalável, que jamais se dobrou aos poderosos, tampouco cortejou ou acovardou-se diante das adversidades, que não foram poucas.

Atualmente o jornal é dirigido pelo jornalista Robinson Belém de Azeredo, neto de Silvino Hypólito, que mantém o propósito de prosseguir, com firmeza, com obstinação, a obra e o legado deixados por seu avô, por seu pai, Avelino Martins de Azeredo, bem como o tio, Luiz Martins Azeredo.

O Correio da Lavoura conquista cada vez mais leitores, já que o semanário mais respeitado da Baixada Fluminense agrega tradição, dignidade e profissionalismo”, destacou Simão Sessim.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: