Dados de roubos de cargas na Baixada Fluminense são alarmantes

O deputado federal Simão Sessim (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara dos Deputados para comentar os números divulgados pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), sobre a onda de roubo de cargas, que vêm ocorrendo na Baixada Fluminense. “São dados alarmantes que estão impedindo o desenvolvimento da região”, disse.

A região que é cortada por rodovias federais, como a Rio-Teresópolis, Rio-Juiz de Fora e Via Dutra, responsáveis pelo escoamento terrestre da maioria da produção do País “vive aterrorizada pelos ataques diários de puxadores de cargas”.

Segundo levantamento da Firjan, em 2016 o roubo de cargas nos municípios próximos a Duque de Caxias aumentou 43,3%, em relação a 2015.

A região registrou 2.168 casos, um a cada 4 horas, respondendo por 22% das ocorrências no estado.

De acordo com que relatou o deputado Simão Sessim, os prejuízos causados já ultrapassaram os R$ 136 milhões, o equivalente a R$ 374 mil por dia.

O levantamento da Firjan, segundo o parlamentar, mostra ainda que, em 2016, pelo menos sete unidades policiais registraram aumento do roubo de cargas, em relação ao ano anterior. Somente em Campos Elíseos, um dos Distrito de Duque de Caxias, o crescimento foi de 122%. Mais de 88% dos casos ficaram concentradas nas delegacias policiais de Duque de Caxias, São João de Meriti, Belford Roxo e Campos Elíseos.

É preciso que o governo melhore, com urgência, a questão da estrutura Segurança Pública no Estado do Rio de Janeiro. Do contrário, estaremos todos vulneráveis, totalmente desprotegidos, entregues à própria sorte”, alertou o parlamentar.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: