Guerra civil no Rio de Janeiro faz jornal Extra inovar

O deputado Simão Sessim (PP-RJ), manifestou da tribuna da Câmara dos Deputados voto de louvor à necessária e oportuna iniciativa do jornal Extra, empresa da Organização Globo de Comunicação, que mostrou o estado de guerra civil em que vive a população do Estado do Rio de Janeiro.

É uma situação de terror, já denunciado por mim, desta tribuna, inclusive ao Ministro Raul Julgmann, da Defesa, que acabou atendendo aos nossos apelos, enviando as Forças Armadas para tentar, pelo menos, amenizar o sofrimento da população no Rio de Janeiro”, disse Simão Sessim.

Os números dos embates envolvendo Polícia, criminosos e inocentes são alarmantes estarrecedores, com 612 roubos, ocorrendo em média, todos os dias, além de 581 mortes de suspeitos em confrontos e mais 2.723 vítimas de homicídios no Estado, somente no primeiro semestre deste ano. Não podemos esquecer também os 97 Policiais Militares mortos somente este ano.

O jornal Extra decidiu criar uma editoria especial, denominada “Guerra no Rio”, para divulgar somente as ocorrências que fogem aos fatos criminais comuns a qualquer sociedade em tempos de paz.

Como bem informa o matutino carioca, “não se trata de uma simples mudança na forma de escrever, mas, principalmente, no jeito de olhar, interpretar e contar o que está acontecendo ao nosso redor”.

Na verdade, segundo deputado, o propósito do jornal Extra, com a iniciativa anunciada, é não deixar o olhar jornalístico acomodado diante de tanta barbárie que aflige e inferniza a vida de cariocas e fluminenses, sobretudo na minha querida Baixada Fluminense.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: