Tag archive: FIRJAN

Pesquisa da Firjan aponta que iniciativa privada tem potencial para investir em saneamento básico no Rio de Janeiro

O deputado federal Simão Sessim (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara dos Deputados, nesta quinta (14), para apresentar números de um estudo da Firjan, intitulado “Saneamento no Estado do Rio de Janeiro – Cobertura e oportunidades de investimentos”, acaba de apurar que, pelo menos vinte municípios fluminenses, têm potencial para concessões que podem melhorar a oferta e a qualidade dos serviços. De água e esgoto.

O estudo aponta que a concessão de serviços de saneamento básico para o setor privado pode atrair R$ 7 bilhões em investimentos para o Estado do Rio de Janeiro, até 2033”, disse Simão Sessim.

Continue reading

Dados de roubos de cargas na Baixada Fluminense são alarmantes

O deputado federal Simão Sessim (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara dos Deputados para comentar os números divulgados pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), sobre a onda de roubo de cargas, que vêm ocorrendo na Baixada Fluminense. “São dados alarmantes que estão impedindo o desenvolvimento da região”, disse.

A região que é cortada por rodovias federais, como a Rio-Teresópolis, Rio-Juiz de Fora e Via Dutra, responsáveis pelo escoamento terrestre da maioria da produção do País “vive aterrorizada pelos ataques diários de puxadores de cargas”.

Continue reading

Discurso do dia 17/03/11

17/03/2011

O SR. SIMÃO SESSIM (PP-RJ. Pronuncia o seguinte discurso.) – Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados, permitam-me manifestar desta tribuna a minha enorme satisfação diante do quadro de prosperidade que tão bem ilustra, no momento, a ascensão da economia fluminense.

Só para ilustramos melhor esta situação, Senhor Presidente, o bom momento dos negócios gerados no Rio de Janeiro, na carona, é evidente, da exploração do petróleo e da produção de aço, sobretudo na região de Itaguaí, está fomentando a produção a ponto de ter colocado a Baixada Fluminense como a segunda maior geradora de empregos do estado.

Dados Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, a FIRJAN, mostram, por exemplo, que o mercado de trabalho no Estado do Rio, senhor presidente, acompanhou o ritmo nacional e fechou 2010 com recorde de criação de empregos na série histórica.

Foram 190 mil novos postos com carteira assinada, um saldo de 23,3% maior do que o registrado em 2008, o recorde anterior. Ainda de acordo com a FIRJAN, o saldo de contratações na Baixada Fluminense foi o segundo maior dentre as regiões do Estado, registrando 28.478 novos postos de trabalho formal.

Dados mais recentes, divulgados ainda ontem pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho e Emprego, revelaram também que o Rio de Janeiro atingiu, agora, em fevereiro, outro recorde histórico na criação de empregos com carteira assinada. Foram mais 19.921 empregos formais, um crescimento fantástico de aproximadamente 140% em relação ao ano anterior, cujo resultado foi de 8.298 novas vagas.

Ontem, Senhor Presidente, o ministro Aloizio Mercadante, da Ciência e Tecnologia, nos deu uma excelente notícia: ele anunciou aos jornalistas que cobriam a segunda reunião do Forum de Desenvolvimento Econômico, aqui em Brasília, que o Governo quer priorizar a elaboração do Programa Nacional do Ensino Técnico o PRONATEC).

A medida, Senhor Presidente, tem como objetivo enfrentar o seríssimo problema da carência de mão de obra por que passa o país em diferentes setores. Até porque, no momento, o que mais preocupa o governo da presidente Dilma Rousseff, é exatamente como enfrentar o desafio da falta de qualificação profissional num momento em que o mercado de trabalho se mostra bastante aquecido.

Sabemos que em alguns setores já há problemas de oferta de mão de obra, principalmente para mão de obra especializada, razão pela qual o Governo, através do Ministério da Educação, vem discutindo um amplo programa de formação no ensino profissionalizante.
Trata-se, portanto, Senhor Presidente, de uma louvável iniciativa, da qual somos os maiores incentivadores.

Era o que tínhamos para comentar no momento, Senhor Presidente.

Muito obrigada!

Excelente iniciativa do Presidente Eduardo Eugênio

A Firjan realizará em Nova Iguaçu o 1º Seminário de Calçadas Acessíveis da Baixada Fluminense.
_____

Recebi a notícia numa das visitas que fiz ao site http://noticias.sitedabaixada.com.br/

Presidida pelo empresário Eduardo Eugênio, a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro – FIRJAN – além de desenvolver e coordenar estudos, pesquisas e projetos que orientam as ações do setor industrial do estado, estimula o exercício da cidadania plena. Nesta linha, uma de suas representações regionais para a Baixada Fluminense (são duas, uma com sede em Duque de Caxias e outra em Nova Iguaçu), organizou para o dia 11 de agosto, o 1º Seminário de Calçadas Acessíveis da Baixada Fluminense.

O evento tem como objetivo encontrar soluções para os problemas de acessibilidade nos passeios públicos e garantir condições ideais de acesso e locomoção para todas as pessoas, principalmente, aquelas que têm deficiência física.

A Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) participa da organização e patrocínio do evento, que conta também com o apoio do Ministério das Cidades e garantia de recursos do governo federal para as obras de adaptação, atitude que é fruto da sensibilidade social que tem o Presidente Lula.

O Seminário apresentará um ciclo de palestras e debates. Daizê Pinho Vechi, Secretária do Ministério das Cidades, abrirá o encontro abordando a questão dos “Recursos para Projetos e Obras Acessíveis”.

Em seguida, falará a Dra. Rosana Rodrigues de Alves Pereira, Promotora Titular do Núcleo de Nova Iguaçu da Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e a Pessoa Portadora de Deficiência. O tema será “Ações do Ministério Público no Estado do Rio de Janeiro par ao cumprimento do Estatuto das Cidades”.

Depois, a arquiteta Regina Cohen tratará o tema “Mobilidade Urbana em Calçadas Acessíveis” e o Dr. Philip Gold, as condições de circulação a pé nas cidades brasileiras.

O Prefeito de Mesquita, Arthur Messias apresentará a obra do paço municipal, um dos exemplos que a Baixada Fluminense tem de projetos acessíveis e, em seguida haverá a palestra da representante da FIRJAN, Dra. Andrea Marinho, com o tema “Soluções para capacitação de Mão de Obra”.

Um debate encerrará o encontro e será coordenado pelo representante do Instituto Brasileiro de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – IBDD – uma das mais qualificadas organizações nacionais de trabalho com deficientes.

Mais um gol de placa da FIRJAN!