Tag archive: Abastecimento

Simão Sessim elogia contrato que aumenta oferta de água em Nilópolis

O deputado Simão Sessim (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara para destacar a assinatura de um novo contrato pela Companhia de Água e Esgoto do Rio de Janeiro, a Cedae, que vai aumentar a oferta de água na cidade de Nilópolis, na Baixada Fluminense. O acordo assinado com o Consórcio Collet e PB vai garantir obras de abastecimento com investimento total de aproximadamente R$ 196 milhões. O conjunto de obras inclui o assentamento de 19 quilômetros de rede adutora e outros equipamentos importantes na regularização e manutenção do abastecimento de água.

thumb-simao-sessim-adverte-a-crise-politica-nao-pode-afetar-a-populacaoEstas obras reforçam os investimentos em abastecimento de água que nós conseguimos levar para a cidade, há bem pouco tempo, o que contribuiu para o fim do tormento da falta d’água que tanto afligia o povo de Nilópolis”, disse Simão Sessim.

A obra, em Nilópolis, faz parte do Programa de Abastecimento de Água para a Baixada Fluminense e da construção do Novo Guandu, orçados em R$ 3,4 bilhões, que incluem a construção de uma nova estação de tratamento de água para tratar 12 mil litros por segundo, elevatória de água tratada, linha de recalque (tubulação que abastece o reservatório) e reservatório com capacidade para armazenar 57 milhões de litros.

Fazem parte ainda do projeto, a construção, nos diversos municípios da Baixada Fluminense, de 17 novos reservatórios e reforma de outros nove que hoje estão fora de operação; assentamento de 95 km de adutoras para abastecer os reservatórios; 760 km de troncos e rede distribuidora e instalação de mais de 100 mil novas ligações prediais.

2,5 milhões de moradores da Baixada Fluminense não dispõem de água potável

O deputado Simão Sessim (PP-RJ), usou a tribuna da Câmara dos Deputados para denunciar que 2,5 milhões de pessoas que residem na Baixada Fluminense não dispõem de água potável para consumo em suas casas.

Atualmente, a rede de abastecimento de água da Cedae deixa de atender formalmente cerca de 25% do município de Japeri, 30% de Seropédica e Magé, 26% de Paracambi, 15% em Itaguaí, 20% de São João de Meriti, 33% de Belford Roxo, 17% de Queimados, 29% de Duque de Caxias, 6% de Nova Iguaçu e 4% de Mesquita.

É comum vermos mangueiras esticadas em quintais, atravessando ruas em direção a poços artesanais, de salubridade duvidosa, solução geralmente encontradas por moradores indefesos”, disse Simão Sessim.

O deputado fez um balanço dos recursos que conseguiu incluir no orçamento do governo federal para o abastecimento de água na cidade de Nilópolis. “Foi com muita luta e investimentos de mais de R$ 150 milhões, obtidos em Brasília, que consegui universalizar o abastecimento de água em Nilópolis. Construímos na cidade um reservatório com capacidade para 13 milhões de litros de água, uma nova adutora com 1,6 mil metros de extensão e 600 milímetros de diâmetro, além de um booster com pressão suficiente para atender um sonho antigo de toda a população”, relatou o deputado.

Simão Sessim lembrou que a Cedae está iniciando um ambicioso projeto com o objetivo de dar fim ao problema crônico da falta d’água que atinge milhões de pessoas na região da Baixada Fluminense.

O projeto, orçado em R$3,4 bilhões, financiados pela Caixa Econômica Federal, engloba os programas Água para Todos e o Guandu 2. O primeiro trecho, contempla um conjunto de nove obras; a segunda etapa, se destina à construção da estação de tratamento do Guandu 2, com capacidade de 12 metros cúbicos por segundo; e a terceira envolve a construção de adutoras, subadutoras e reservatórios.