Simão Sessim parabeniza governo do Rio de Janeiro no combate à dengue

O bom desempenho da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro no combate a dengue foi alvo elogios no plenário da Câmara dos Deputados nesta semana. O deputado Simão Sessim (PP-RJ), destacou que 82% dos municípios do estado do Rio de Janeiro estão em condições satisfatória na luta contra a dengue e nenhum em situação de risco. O resultado faz parte de um balanço da Secretaria de Saúde com o Levantamento do Índice Rápido do aedes aegypti. Segundo a secretaria, nos últimos três anos o Rio reagiu contra a doença.

Simão Sessim apresentou alguns números do levantamento e comemorou os resultados.

Segundo dados da Subsecretaria Estadual de Vigilância em Saúde, entre 2011 e 2014, o número de municípios em estágio de alerta de infestação caiu cerca de 20%. E, graças a essa situação, atualmente, Graças a Deus, nenhuma cidade fluminense encontra-se em situação de risco”, disse.

artigo-simao-sessim-parabeniza-governo-do-rio-de-janeiro-no-combate-a-dengue-002

O deputado também apresentou dados sobre o controle das larvas nos imóveis, nas residências, prédios comerciais e industriais. Este ano, segundo a Secretaria de Saúde do Rio, 80% dos 78 municípios fluminenses avaliados tiveram índices de infestação abaixo de 1%, número, considerado bastante satisfatório.

A análise foi realizada com base no Levantamento do Índice Rápido do aedes aegypti de outubro, período estratégico para avaliação do possível impacto da infestação do mosquito durante o Verão.

A pesquisa é considerada um instrumento fundamental para orientar as ações de controle da dengue, possibilitando, assim, aos gestores locais de saúde antecipar as ações preventivas. Esta boa notícia, demonstra a importância do combate sistemático, diuturno, ininterrupto, envolvendo as autoridades sanitárias e a população fluminense aos focos de proliferação do mosquito da dengue naquela região”, destacou Simão Sessim.

Simão Sessim lembrou que o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental do Estado do Rio de Janeiro, Alexandre Chieppe, declarou que a redução da infestação do aedes aegypti na região fluminense se deve, em boa parte, à adesão das prefeituras e da população à campanha ’10 minutos Contra Dengue’, criada, em 2011, em parceria entre a Secretaria de Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz, a Fiocruz.

O deputado fez questão de destacar no discurso a atuação do Secretário de Saúde, Marcos Musafir. “A gente fica feliz diante de boas notícias como esta que acabo de trazer ao conhecimento desta Casa do Povo. Está de parabéns o ilustre Secretário Estadual de Saúde, doutor Marcos Musafir, a quem transmito desta tribuna os meus votos de felicitação, estendido ainda à toda sua equipe de trabalho, torcendo, cada vez mais, no sentido de que o Aedes aegypti seja banido, como persona non grata, do território fluminense, e também em todo o Brasil”, concluiu Simão Sessim.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: