Provérbios 22. “Vale mais ter um bom nome…”

Amanhã será o dia da decisão. Estou com a certeza de que combati o bom combate e guardei a fé.

Bem, é chegado o dia da eleição, depois de uma caminhada longa de quase seis meses em campanha.

Já fiz muitas campanhas eleitorais e nelas vejo momentos mágicos que criam laços definitivos entre as pessoas.

Nas campanhas, eu não saio muito do meu estilo de vida, só aumento o ritmo de trabalho, porque entendo que a política é o trabalho constante, permanente, de manter uma linha direta com a população, para conhecer as suas expectativas e cumprir os seus desejos. Esta é a essência de um mandato.

Durante a campanha, estive em muitas cidades do interior. Em algumas, diversas vezes. Estive em Itaperuna, em Porciúncula, em Natividade, em Nova Friburgo, em Teresópolis, em Petrópolis, em Cabo Frio, em Seropédica, em Itaguaí, em Mangaratiba, em Itaboraí, em Mendes, em Paracambi, em Paulo de Frontin, em Mesquita, em Nova Iguaçu, em Caxias, em Meriti.

Também visitei inúmeras vezes, diversos pontos da Cidade do Rio de Janeiro, em especial, em Santa Cruz, em Copacabana, na Tijuca, no Flamengo, na Barra da Tijuca, em Campo Grande, em Sepetiba, Anchieta, Deodoro, enfim, em todos os bairros da Cidade.

Caminhei de novo e por várias vezes, todas as ruas da minha cidade, a minha querida Nilópolis.

Em cada lugar por onde passei, deixei amigos e confirmei a certeza do que está colocado no primeiro versículo do Capítulo 22 do livro de Provérbios: “Vale mais ter um bom nome do que muitas riquezas; e o ser estimado é melhor do que a riqueza e o ouro”.

Por isso, estou feliz.

Amanhã, teremos o resultado da eleição. No entanto, uma vitória já conquistei: consegui conduzir a minha campanha com absoluta lisura, confiança na verdade e fé no Senhor Jesus.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: