Ministro da Saúde Alexandre Padilha

O SR. SIMÃO SESSIM (PP-RJ. Pronuncia o seguinte discurso.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, minha presença na tribuna desta Casa é para fazer um rápido registro sobre o trabalho extraordinário que S. Exa., o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, vem implementando neste início de governo.

Já é possível observarmos o cumprimento de metas, principalmente a de trabalhar na promoção da saúde e na prevenção de doenças, itens que, como bem frisou S.Exa., o Ministro, compõem os pontos desenhados para a Saúde determinados pela Presidente Dilma Rousseff.

Na semana passada, tive a grata oportunidade de acompanhar S. Exa., o Ministro Padilha, em alguns compromissos de trabalho no Rio de Janeiro, um deles na quadra de ensaios da Escola de Samba Salgueiro, onde S.Exa. lançou a campanha de prevenção à AIDS do Carnaval 2011, a qual tem como foco principal as meninas com idade entre 15 e 24 anos.

Na ocasião, S.Exa., o Ministro Padilha, ratificou o propósito do Governo Federal de combater com firmeza e eficácia a preocupante questão da dengue, que afeta sobremaneira 16 Estados brasileiros, entre eles o próprio Rio de Janeiro, considerados de alto risco epidêmico da doença, e que por sua complexidade ainda constitui um dos principais desafios da saúde pública no Brasil.

Até porque, Sr. Presidente, com cerca de 80% da população vivendo em áreas de clima tropical, intenso crescimento populacional nos centros urbanos, ocupação desordenada do solo e a persistência de certos problemas de infraestrutura, com abastecimento irregular de água, ainda temos, como bem lembrou o Ministro, infelizmente, um cenário favorável à reprodução do mosquito Aedes aegypti.

De qualquer forma, Sr. Presidente, eu, particularmente, como também, acredito, todos nesta Casa, estamos torcendo para que S.Exa., o Ministro Alexandre Padilha, saia vencedor desta guerra que o País vem travando há mais de 20 anos.

Era o que eu tinha a dizer no momento, Sr. Presidente.

Muito obrigado.

Acesse o vídeo do pronunciamento do Dep. Simão Sessim
na Câmara dos Deputados no dia 01/03/2011.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: