É, sim, possível

Com 32 anos de mandato e 45 de vida pública, Simão Sessim, diz que vale a pena, quando a alma não é pequena.
_____

Está dada a largada para a eleição deste ano, quando o povo brasileiro decidirá quem, entre os milhares de candidatos, estará nas Assembléias Legislativas, na Câmara dos Deputados, no Senado Federal, que renovará o mandato de 2/3 dos senadores; nos governos estaduais e na Presidência da República.

Sou candidato à reeleição, no curso do 8º mandato consecutivo de deputado federal. Portanto, estou a 32 anos na Câmara dos Deputados a prestar alguns serviços à população do Estado do Rio de Janeiro, com o apoio dos meus eleitores.

Só tenho a agradecer aos eleitores, mas, sobretudo e antes de tudo, a Deus, que me tem dado saúde, forças e sabedoria, para conduzir o meu trabalho.

Entre as prerrogativas que tem um deputado federal, está o trabalho de emendar o Orçamento da União, para destinar recursos públicos que financiam os mais diversos projetos.  Deus me tem ajudado a utilizar bem estes recursos e hoje há em quase todos os cantos do Estado do Rio de Janeiro, obras financiadas com o dinheiro das emendas apresentadas por mim aos Orçamentos da União. São escolas, viadutos, estradas vicinais, hospitais, postos de saúde, quadras poli-esportivas, equipamentos os mais diversos para o ensino, lazer, qualidade de vida, enfim.

A elaboração de projetos de lei e a utilização da Tribuna da Câmara dos Deputados são outras prerrogativas do mandato. Eu as tenho oferecido aos meus eleitores, com medidas de apoio ao trabalhador, aos jovens, aos aposentados, às crianças, aos adolescentes, aos empresários sérios que geram empregos e salários dignos. Os meus pronunciamentos são meios de denúncia, de incentivo, de gratidão e sugestões.

Ao longo desta trajetória de 45 anos de serviço público, com 32 anos de exercício ininterrupto de oito mandatos de deputado federal, não tive dúvidas de que é, sim, possível exercer a vida pública sem conciliar com os vícios, sem perder a virtude, sem sujar as mãos. É só exercê-la na linha exclusiva do interesse público, do atendimento das expectativas da população, afinal, a sociedade brasileira é composta, em sua maioria, por gente série, comprometida com o trabalho digno e com a honestidade.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: