Discurso do dia 22/03/11

O SR. SIMÃO SESSIM (PP-RJ. Pronuncia o seguinte discurso.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, na qualidade de representante do povo fluminense, eu não poderia deixar de trazer à tribuna desta Casa as minhas considerações pessoais sobre a histórica visita, ao Brasil, e à nossa querida Cidade Maravilhosa do Rio de Janeiro, do Presidente dos Estados Unidos, Sr. Barack Obama, e sua família.

Foram dois dias memoráveis. O presidente Obama, bastante eloquente na sua postura frente à Nação brasileira, não nos poupou simpatia e tampouco cortesia no trato de suas convicções sobre a nova realidade brasileira.

É bem verdade, o Presidente Obama não chegou a dar sinais de avanços concretos sobre demandas centrais, defendidas com firmeza pela presidenta Dilma Rousseff, durante o encontro, no sábado, aqui, em Brasília, entre os dois países, sobre questões relacionadas á redução de barreiras comerciais a produtos brasileiros.

Mas, tivemos passos positivos, a exemplo do apreço do presidente norte-americano pela pretensão brasileira a uma vaga permanente no Conselho de Segurança da ONU, bem como o explícito reconhecimento do Brasil como liderança global, em situação de igualdade com a China e a Índia. Ou ainda, a definição do país como parceiro estratégico na área de energia e nos investimentos.

É bem provável, Sr. Presidente e nobres Deputados, que esta visita ajude a lançar as bases de um novo relacionamento comercial entre os dois maiores países das Américas, do ponto de vista comercial, já que o governo norte-americano não esconde as suas expectativas diante da Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, prestes a acontecer no Brasil, além, é claro dos benefícios que advirão do nosso concorrido pré-sal.

Há até quem diga que a visita do Presidente Obama mostrou que será feito o que for do alcance do Governo dos Estados Unidos para abrir mercados e melhorar o intercâmbio. Foram, sem dúvida alguma, dois dias bastante significativos para os dois países, que buscam, cada vez mais, maior estreitamento do ponto de vista sociopolítico e econômico, focados que estão no processo da prosperidade e da paz mundial.

O Presidente Obama, foi da mesma forma bastante convincente na sua postura pública diante do povo brasileiro, a quem não poupou elogios. Para o homem que representa a maior potência mundial, já somos também a sétima maior economia do mundo e uma das que crescem mais depressa.

Em outras palavras, Sr. Presidente, o Brasil já é o futuro que todos nós tanto sonhamos e almejamos e, como ele mesmo, o Presidente Barack Obama, fez questão de frisar, esse avanço não aconteceu por mera sorte, mas pelo trabalho e perseverança do nosso povo.

Foi muito bom ouvir do presidente norte-americano, que os estados Unidos estão animados e que, por isso mesmo, querem participar do rápido crescimento do Brasil, através de cooperação mútua nas áreas da energia renovável, do nosso pré-sal, de infraestrutura e educação.

O que torcemos, Sr. Presidente e nobres Deputados, é para que a passagem do Presidente norte-americano sirva de fortalecimento às relações bilaterais de forma a que, juntos, possamos avançar na nossa prosperidade comum.

Saímos do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na tarde do último domingo, alegres e emocionados com o discurso do Presidente Barack Obama que esbanjou carisma, simpatia, carinho e muito respeito pelo nosso povo.

Sr. Presidente, aproveito para solicitar a V.Exa. o registro na íntegra do referido discurso nos Anais desta Casa.

Era o que eu tinha a dizer.

Muito obrigado.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: