“Dar certo, fazendo a coisa certa”.

De Brasília, recebi uma mensagem que me fez sentir o quanto a política nos gratifica.
_____

Zorah de Siqueira Santos é uma senhora, que conta mais de 80 anos de idade. Teve 10 filhos, com dois partos de gêmeos. Um casal e dois rapazes. Ela nasceu na pequena cidade de Bom Jardim, localizada entre Nova Friburgo e o norte do Estado do Rio. Foi criada em Niterói e em razão do casamento, mudou-se para Brasília na inauguração da cidade. Teve dez filhos e hoje um grande número de netos e dois bisnetos. Militante política, ela chegou a ser administradora (subprefeita) de uma Super-Quadra em Brasília e uma vez foi candidata a deputada federal. Ela me escreveu:

“Querido deputado Simão Sessim, com dificuldade, por causa da doença no pulmão, leio os jornais de domingo e encontrei entre os artigos, um texto excelente do Fábio Barbosa, Presidente do Grupo Santander e da Federação Brasileira de Bancos. Está publicado no jornal Folha de São Paulo, no Caderno de Negócios. O título é “Dar certo, fazendo a coisa certa”, onde ele disserta sobre negócios éticos. Eu me lembrei de você, a partir de uma frase que ele cita: “é possível dar certo fazendo as coisas certas, do jeito certo”.

Sei que você está em campanha para reeleição. Com as benções de Deus, você conseguirá uma nova vitória, se não me engano, a conquista do novo mandato consecutivo de deputado federal, uma façanha de poucos. Acredito que o nosso comum amigo, Rubem Medina, tenha chegado lá.

Ontem, ao encaminhar o meu pedido de voto para você aos meus amigos e parentes, eleitores no Rio de Janeiro ,eu resolvi usar a frase do Fábio Barbosa, porque ela, melhor do que qualquer outra que eu pudesse utilizar, resume a sua vida pública. Estou muito doente, mas feliz, porque ainda posso, de modo direto e através dos meus filhos, ter uma participação política efetiva.

Um dos meus filhos, o mais novo, Paulo Fernando, que você conheceu, é candidato a vice-governador do Distrito Federal. Não chegará lá, mas é um início. Eu disse a ele que se espelhe em você.

Um abraço carinhoso.

Zorah. “

Não preciso dizer o quanto sou agradecido a ela.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: