Colégio Leopoldo em Nova Iguaçu 80 anos de serviços prestados

Deputado Simão Sessim parabeniza a direção, e funcionários de apoio do Colégio Leopoldo em Nova Iguaçu por seus 80 anos de serviços prestados.

(Deputado Simão Sessim pronunciou o seguinte discurso em em 08/06/2010)

É com muita honra e alegria no coração que requeiro à Mesa desta Casa do povo uma justa Moção de Congratulações à direção, professores, alunos e funcionários de apoio do Colégio Leopoldo. Trata-se, Senhor Presidente, de um dos mais tradicionais e conceituados estabelecimento de ensino da cidade de Nova Iguaçu, na minha querida e amada Baixada Fluminense, que está, agora, em 2010, para a nossa felicidade, completando 80 anos de relevantes serviços prestados a sociedade brasileira.
Eu diria, Senhor Presidente, são oito décadas ininterruptas de inconfundível e abnegado trabalho voltado, como sempre esteve, para a educação, através da construção de valores, como a dedicação, o respeito, a solidariedade e a cidadania, pilares, que, indubitavelmente, sustentam os nossos sonhos de conquistar um mundo próspero, profícuo, mais humano e justo para todos os irmãos brasileiros.

Lembro-me, Senhor Presidente, há exatos cinco anos, também estive nesta tribuna festejando os 75 anos desta mesma instituição, pioneira que foi como estabelecimento regular e oficial de ensino de Nova Iguaçu, fundado em 1930 por três mestres idealizadores o poeta, jornalista, prosador, teatrólogo e professor Leopoldo Machado de Souza Barbosa; sua digníssima esposa, Marília Ferraz de Almeida Barbosa; e sua venerada irmã, Leopoldina Machado Barbosa de Barros, a quem também prestamos as nossas homenagens póstuma.

Esse trio de benfeitores da educação, senhor presidente, criou na Baixada Fluminense o espaço das relações humanas, da construção de modelos, da reflexão, propiciando vivências, experiência de vida e formação de caráter, entre outros conceitos, predicados necessários na orientação do presente e do futuro que está por chegar a todos homens de boa vontade.

O professor Leopoldo tinha consciência de que a escola possui enorme importância em nossas vidas, tendo como um dos papéis fundamentais a conscientização do homem para o exercício perfeito da cidadania e sua qualificação profissional. Portanto, é ela que deve nos preparar para o futuro, dando-nos o conhecimento necessário para que possamos enfrentar as adversidades, os obstáculos que surgem em nossos caminhos.
Até porque, Senhor Presidente, a missão da escola não é pura e simplesmente passar conteúdos relacionados à física, à matemática, à química, geografia, português e história, entre outras matérias. A escola deve, sobretudo, preparar os jovens para que eles se sintam aptos a disputar o seu próprio espaço no seio da sociedade em que vivem.

E hoje, o Colégio Leopoldo, templo augusto da verdade e Catedral excelsa do saber, como diz o seu hino, está sob a batuta, sob o comando do professor Paulo de Tarso, personalidade das mais conceituadas da Baixada Fluminense, que, à frente de uma equipe altamente qualificada e dedicada, mantém a instituição de ensino dentro dos mesmos padrões de tradição, qualidade, da ética, da modernidade e eficiência.
Afinal, Senhor Presidente, o professor Paulo de Tarso, além de abnegado servidor do saber, sempre se preocupou em manter vivo o legado da compreensão, da solidariedade e do amor ao próximo, deixado por Leopoldo Machado, espírita fervoroso, que viajou o País inteiro levando sua mensagem de fé, amor e bondade ao próximo.

Leopoldo Machado e sua esposa Marília Ferraz de Almeida Barbosa também fundaram o Lar de Jesus e o albergue noturno Allan Kardec, da mesma forma que incentivaram a criação da Associação de Caridade Hospital Iguaçu, que até hoje ainda continua prestando relevantes serviços à sociedade de Nova Iguaçu e da Baixada Fluminense.

Com suas almas cheias de ardor e boa vontade, Leopoldo Machado, sua mãe Isabel Machado Barbosa, sua esposa Marília Ferraz e sua irmã Leopoldina Machado Barbosa edificaram com grandeza, dedicação e competência, o templo maior do saber que conduziria os jovens, ao longo dessas décadas, ao horizonte da prosperidade.

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: