Beija-Flor de Nilópolis

DEPUTADO SIMÃO SESSIM – PP/RJ

D02032011

O SR. SIMÃO SESSIM (PP-RJ. Pronuncia o seguinte discurso.) – Senhor presidente, senhoras e senhores deputados, mais uma vez o povo brasileiro se prepara para festejar o Carnaval, que este ano acontece agora no mês de março.

Consequentemente, passamos a viver nos dias que antecedem ao maior espetáculo da Terra, sem dúvida alguma, os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, a grande expectativa de ver essa manifestação popular mexendo, e forte, a exemplo do que sempre faz, com a nossa sensibilidade e as nossas grandes emoções.

Todos os anos é sempre assim: vamos para a Marquês de Sapucaí nos encantamos com o vôo esplendoroso, ágil e sempre irrequieto, nas asas da nossa querida e amada Beija-Flor.

Como diz o samba enredo dos compositores Samir Trindade, Serginho Aguiar, JR Beija Flor, Sidney de Pilares, Jorginho Moreira e Théo M. Neto chegou a hora de botar para fora a felicidade, que não será pouca, com certeza.

E haja felicidade, senhor presidente. Até porque, a passarela do Sambódromo vai ficar pequena para a passagem de tantas estrelas. E este ano, a nossa Beija-Flor desfila como gosta – solta, descontraída, em busca da conquista de seu 12º título dos desfiles das grandes escolas do Carnaval do Rio de Janeiro, aprestando uma justa e merecida homenagem ao “rei” Roberto Carlos, “na plenitude de sua simplicidade”.

É verdade, senhor presidente o “rei” Roberto Carlos merece bem mais que uma simples homenagem, ele merece ser feliz por tudo de bom que já nos proporcionou ao longo de seus 50 anos de vida artística, distribuindo emoções e mostrando com muito amor os detalhes da vida de milhões de brasileiros.

Por isso mesmo, a azul e branco de Nilópolis, da Baixada Fluminense, tem tudo para justificar na passarela o porquê de sua grandeza e exuberância, que tanto nos encanta ao longo da tantas décadas.

Não resta dúvida, que o glamour desta memorável agremiação vai ecoar mais uma vez do grito de uma nação azul e branca, que aposta no desempenho, na garra e na disposição de seus componentes, que certamente, mais uma vez deixarão a passarela consagrada pelo povo.

Mas a Beija-Flor não é só festa, senhor presidente e nobres deputados. Ela é também a esperança de um mundo melhor, traduzida nas ações sociais que promove durante o ano inteiro, não só para seus componentes, mas para toda a comunidade no seu entorno. A família Abraão David, que mantém creche, educandário, centros profissionalizantes, entre tantos outros tipos de benefícios, ajuda centenas de famílias, crianças e adolescentes, a construir um enredo de vida com justiça social.

Aproveito a oportunidade para saudar desta tribuna, as figuras ilustres que serão responsáveis diretos pelo brilhantismo do desfile da Beija-Flor, na pessoa de seu presidente de honra, Aniz Abraão Davi; de seu presidente administrativo, Farid Abrão, e demais membros da diretoria da escola.

Não podemos esquecer de homenagear também o talento dos profissionais que todos os anos nos proporcionam tantas alegrias, como o nosso querido coordenador de Carnaval, Laíla, os carnavalescos Alexandre Louzada, Fran-Sérgio, Victor Santos e Ubiratan Silva.

Estendemos ainda os cumprimentos a Neguinho da Beija-Flor, ao mestre-sala Claudinho e à porta-bandeira Selmynha Sorriso; aos mestre de bateria Plínio e Rodney, os funcionários do barracão, ao chefes de ala, aos destaques e demais componentes, todos bastante engajados no propósito de conquistar mais uma vitória para a cidade de Nilópolis, para o povo da Baixada Fluminense.

Por fim, senhor presidente e nobres deputados, resta-nos dizer, que é nessa estrada de santos guerreiros, com as bênçãos de todas as Nossas Senhoras, que a nossa querida Beija-Flor vai mostrar ao ritmo alucinante das batidas dos nossos corações, como é grande o seu amor pela vida de todos nós.

Muito obrigado, e até a vitória!

Comentário

Leave a comment

%d blogueiros gostam disto: